Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.

25 fevereiro, 2007

Sorrisos de Gris

(Art By Memorex)

Sim, foi exactamente assim como digo, um encontro mágico! O nosso contacto renasceu no Fórum Implante Coclear, do Brasil, enquanto procurava informações assíduas acerca do portentoso Ouvido Biônico.
Houve simultaneamente uma pessoa, que me respondeu prontamente as questões do mesmo lado Atlântico que as brisas sussurrantes ameigaram os nossos rostos lusitanos.
Quem diria, nós, poetas no país plantado á beira-mar com a mesma particularidade e admiração pelo desconhecido.

No entardecer, á saída da faculdade dirigia-me á Papelaria Fernandes onde iria comprar material para um trabalho. O bonito tempo reservou raios de sol incandescentes, na linhagem das nuvens acinzentadas onde neste instante o observei á distância, de boné verde e casaco vermelho com óculos de sol, e uma pala fina, comprida branca.
Presenciei, uma palpitação intuitiva questionando se seria ele a pessoa com quem trocava correspondência. Aproximei com naturalidade, censurei os seus ouvidos implantados e fiquei suspensa arfando e agitada!

Não querendo assustá-lo, sendo ele um surdocego comum. O meu sorriso esboçou timidamente diante dele.
O “Zé Pedro”, que muitos o tratam carinhosamente, alegrou-se meio atrapalhado com tanta emoção disparando um rugido sonoro: Alice!
As horas, passaram inalteradas dentro do Café pelo barulho do trânsito caótico na Avenida de Estrela, espantosamente conversamos, dispusemos as nossas curiosidades e muitas dúvidas minhas esclarecidas acerca do IC. Foi magnífico nas explicações, ainda mais encantada pela sua tremenda força!!!

Chegara a hora, de irmos embora. Lado a lado, dirigíamos ao Metro. De repente fui parada por ele antes de avançar a passadeira:

- Espera, estou a ouvir uma ambulância.
- Consegues ouvir?!
-Sim consigo e o Implante Coclear não têm mesmo nada a ver com os Aparelhos Auditivos. È completamente diferente, mal posso esperar que sejas implantada.
- Pois é, vamos ver se tenho esta possibilidade.
- Vais ter, no que me contaste de os teus ouvidos estarem bem!

Passando 40 segundos, aparece a ambulância em alta velocidade!!! Estava tão fascinada e não queria acreditar que ele tinha ouvido! Prestes a entrar, apercebo da sua dificuldade em descer nas escadas. Dei-lhe como suporte o meu braço, segurando-o apenas.
Aí neste momento, cada um foi para o seu lado.

Foi tão forte, que nem aguentei tanta emoção. Por segundos julguei que iria chorar no meio da multidão freneticamente apressada. Mantive-me discreta.

5 comentários:

poetaeusou disse...

Salvé técnicos.
Salvé novas técnologias
Salvé medicina tecnologica
Salvé quem deu a sabedoria
Salvé lado bom da humanidade...
até)

Um Poema disse...

Amen!

Faço minhas as palavras de "poetaeusou".

Um abraço

Mafalda Freire disse...

Deves estar mesmo muito ansiosa para o grande momento!! Mas posso esperar por esse momento. :)

confissoesdeumasurda.blogs.sapo.pt

pensamentos do joão disse...

Olá memorex :)
Continuo a admirar te mesmo um pouco distante deste mundo gosto de te ler,
as tuas palavras dão me força para voltar a estar mais dentro deste mundo :)
Se deus quiser a tua vida irá brilhar dentro de pouco tempo se é que já não brilhou nesse sol incandescente que te ilumina sempre o teu ser :)
Desejo te uma exelente semana memorex ;)
Um gd beijinho ;)

Isabel-F. disse...

foi uma experiência maravilhoso este teu encontro ... não foi???...
posso senti-lo...

beijinhos doces